in ,

Aluna lésbica tem matrícula negada no Pará

Segundo informações do Grupo Homossexual de Transamazônica e Xingu, uma garota teve que abandonar o colégio porque a direção cismou com a amizade que ela tinha com uma colega, em Altamira, no Pará.

A diretora e a psicóloga da escola sugeriram à mãe da adolescente de 17 anos que a menina deveria ser submetida a tratamento psicológico, pois seu comportamento era “estranho” ao se relacionar com outras garotas. Alegaram que a adolescente era doente e, como se não bastasse, recusaram a matrícula do ano de 2009.

A direção da escola foi procurada pelo Grupo Homossexual de Transamazônica e Xingu, mas se recusou a dar qualquer esclarecimento sobre o caso. Pudera, a escola é uma instituição que trabalha com os temas cidadania, direitos e igualdade, sendo assim o que teriam eles a dizer sobre um ato tão discriminatório?

Vale lembrar que é possível lutar para mudar a realidade dos jovens LGBT dentro das escolas denunciando os abusos no Ministério da Educação, nos Ministérios Públicos e nos órgãos representativos de classe. O artigo 232 do Estatuto da Criança e do Adolescente dá a deixa: “Submeter criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância a vexame ou a constrangimento: Pena – detenção de seis meses a dois anos”.

Se bem administrado, o artigo criminaliza a homofobia praticada por um pai ou professor contra um adolescente.


Como seria o homem perfeito para você?
Todo mundo tem um tipo de homem perfeito, algumas pessoas têm algo muito bem definido e específico e outras pessoas menos.

Achar o cara perfeito – ou quase perfeito – nem sempre é uma tarefa fácil quando estamos buscando no lugar errado. E isso deve estar acontecendo com você!

O cara perfeito incluí também o que ele deseja. Se apenas uma noite, um lance rápido, um namoro e até um casamento.

Talvez esteja difícil para você encontrar essa pessoa porque ainda não procurou no Disponivel.com. Com mais de 548.284 homens cadastrados tenho certeza absoluta que o “seu número” está lá te esperando. Clique aqui e comece agora mesmo.

SP: Projeto Purpurina faz edição sobre mulheres

Galeria: Emanuel, de bobo… ele não tem nada!