in ,

Após usar banheiro feminino, transsexual é agredida em Araraquara

transexual Hanna Neri, de 24 anos, sofreu agressões físicas e verbais após entrar em um banheiro feminino no bar Pirata's, que fica situado no centro da cidade de Araraquara SP.

+E se o seu filho fosse gay? – Experiência social feita em várias partes do mundo assusta

"Minha amiga me chamou para retocar o batom no banheiro. Quando estava lá, uma moça entrou e pediu pra eu sair. Do lado de fora, um segurança disse que eu não podia entrar lá, tinha que usar o masculino", relata Hanna.

Abalada com o constangimento, ela começou a chorar. O estudante e amigo Henrique Marcatto, 21, viu a situação e questionou o motivo de Hanna não poder usar o banheiro. O segurança por sua vez respondeu: "é homem, é viado".

"Expliquei que ela é transexual, mas ele me agrediu com três socos, um tapa na cara e depois me imobilizou pelo pescoço", conta o amigo.

Ao ver a cena, Hanna tentou intervir, mas levou um empurrão e seu nariz começou a sangrar.

Depois de outros funcionários apaziguarem a situação, Hanna e Henrique pagaram a conta e chamaram a polícia. Os policiais orientaram que ela fosse à delegacia de plantão.

Descaso

"Na delegacia, disseram que eu devia mesmo ter usado o banheiro masculino e que não conheciam a lei que me dá o direito de usar o feminino. Depois de muito insistir, registraram só como agressão", explica.

Hanna diz que se sente envergonhada por a história ter se tornado pública, mas ao mesmo tempo feliz de poder lutar pelos direitos dos transexuais.

Repercurssão 

"Relatei o que aconteceu no Facebook e nunca imaginei que ia ter tanta repercusão. Muitas pessoas estão apoiando e vou continuar lutando pelas pessoas que são 'invisíveis' para a população", concluiu.

Veja o desabafo de Hanna na integra:

 

Eu na vida: tento dormir mas não me sai da cabeça o fato de ter sido interceptada por usar um banheiro do gênero…

Posted by Hanna Neri on Domingo, 27 de dezembro de 2015

 


Como seria o homem perfeito para você?
Todo mundo tem um tipo de homem perfeito, algumas pessoas têm algo muito bem definido e específico e outras pessoas menos.

Achar o cara perfeito – ou quase perfeito – nem sempre é uma tarefa fácil quando estamos buscando no lugar errado. E isso deve estar acontecendo com você!

O cara perfeito incluí também o que ele deseja. Se apenas uma noite, um lance rápido, um namoro e até um casamento.

Talvez esteja difícil para você encontrar essa pessoa porque ainda não procurou no Disponivel.com. Com mais de 548.284 homens cadastrados tenho certeza absoluta que o “seu número” está lá te esperando. Clique aqui e comece agora mesmo.

E se o seu filho fosse gay? – Experiência social feita em várias partes do mundo assusta

Com bom humor, canal “Santo Cafajeste” ensina como identificar se você tem um filho gay