in

Emicida faz questionamento sobre gays na cena do rap

O rapper Emicida falou sobre a falta de artistas gays no cenário do rap nacional, durante uma entrevista ao programa frânces RFI.

VEJA MAIS:



“Quando a gente convida Pabllo e Majur para o epicentro da coisa, é para colocar a música rap na frente do espelho e se perguntar: por que não temos mais artistas assumidamente gays? Que tipo de atmosfera a gente construiu que faz essas pessoas se sentirem agredidas na nossa presença?”, questionou o rapper.

“Quando o país tem 13 milhões de desempregados e a preocupação do presidente é impedir que pessoas transexuais tenham acesso a um vestibular específico para elas, eu acho que a gente precisa lamentar, não rebater. A gente não está retrocedendo. A gente está caminhando rumo ao suicídio coletivo, não só do projeto político inexistente desse governo atual, mas da nação como um todo”.


Como seria o homem perfeito para você?
Todo mundo tem um tipo de homem perfeito, algumas pessoas têm algo muito bem definido e específico e outras pessoas menos.

Achar o cara perfeito – ou quase perfeito – nem sempre é uma tarefa fácil quando estamos buscando no lugar errado. E isso deve estar acontecendo com você!

O cara perfeito incluí também o que ele deseja. Se apenas uma noite, um lance rápido, um namoro e até um casamento.

Talvez esteja difícil para você encontrar essa pessoa porque ainda não procurou no Disponivel.com. Com mais de 548.284 homens cadastrados tenho certeza absoluta que o “seu número” está lá te esperando. Clique aqui e comece agora mesmo.

Written by Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Ultranacionalistas atacam parada gay em cidade da Polônia

Alexandre Frota critica Bolsonaro durante entrevista: “A pornografia está no Congresso”