in

Oscar: Renée Zellweger vence prêmio por interpretar ícone gay Judy Garland

Foto: Reprodução.

Renée Zellweger, 50, confirmou seu favoritismo e venceu o Oscar de melhor atriz na madrugada desta segunda (10). Ela foi reconhecida com a estatueta por interpretar o ícone gay Judy Garland (1922-1969) em Judy: Muito Além do Arco-Íris (2019), filme que aborda os últimos meses de vida da cantora e atriz.

“Judy Garland não recebeu essa honra quando viva. Estou certa de que esse momento é uma extensão da celebração de seu legado”, disse Zellweger no discurso. “E é também representativo de seu legado de excepcionalismo, inclusividade e generosidade de espírito, o que transcende qualquer conquista artística.”

“Sra. Garland, você certamente está entre as heroínas que nos une, define e isso com certeza é para você. Estou tão grata.”

Assista ao discurso dela abaixo.

Trata-se da segunda vez que Zellweger vence o Oscar. A primeira foi na categoria de atriz coadjuvante por Could Mountain (2003).

Desde 2019, a americana tem colecionado elogios rasgados da crítica e do público e os principais prêmios do circuito, como o Globo de Ouro, o Bafta e o SAG (sindicato dos atores) pela performance, que marca seu retorno à atuação depois de um hiato de seis anos.


Como seria o homem perfeito para você?
Todo mundo tem um tipo de homem perfeito, algumas pessoas têm algo muito bem definido e específico e outras pessoas menos.

Achar o cara perfeito – ou quase perfeito – nem sempre é uma tarefa fácil quando estamos buscando no lugar errado. E isso deve estar acontecendo com você!

O cara perfeito incluí também o que ele deseja. Se apenas uma noite, um lance rápido, um namoro e até um casamento.

Talvez esteja difícil para você encontrar essa pessoa porque ainda não procurou no Disponivel.com. Com mais de 548.284 homens cadastrados tenho certeza absoluta que o “seu número” está lá te esperando. Clique aqui e comece agora mesmo.

Oscar: Janelle Monae e Billy Porter arrasam em apresentação

Oscar: Elton John agradece marido e filhos em comovente discurso