in ,

Psicólogo Pedrosa: Já transei com homens, mas não quero ser gay, existe algum tratamento?

Psicólogo Pedrosa, eu já tive relações sexuais com outros homens, mas somente sendo o passivo. Sou muito discreto. Mas não quero mais isso pra mim, existe tratamento para eu ter o desejo pelo sexo oposto, sentir atração. Rafael (São Paulo – SP)

Rafael, não existe nenhum tratamento para mudar o desejo sexual de uma pessoa. Este tratamento não existe e provavelmente não existirá. Um homossexual poderá fazer um tratamento e começar a sentir desejo sexual por uma mulher? Algumas tentativas foram feitas e todas fracassaram.

A Associação Norte-Americana de Psicologia formou um comitê especial em 2007 para atualizar o relatório de 1997 sobre a "mudança da orientação sexual do gay". Após dois anos de trabalho, foi publicado um novo relatório de 138 páginas.

Foram revisados 83 artigos científicos em inglês, publicados entre 1960 e 2007. A maior parte dos experimentos registrados havia sido produzida antes de 1978 e somente algumas experiências tinham ocorrido nos últimos 10 anos. O grupo de trabalho encontrou, nas pesquisas, falhas de procedimento. Uma quantidade pequena de pesquisas e estudos foi considerada metodologicamente correta. Nenhum deles avaliou sistematicamente danos potenciais aos indivíduos causados pelo esforço do tratamento. Entende-se por danos em potencial a tentativa de suicídio, depressão e outros transtornos comportamentais.

Alguns desses estudos bem mais antigos, segundo conclusões do comitê, já apontavam ser improvável que a orientação sexual pudesse ser modificada. O que se poderia conseguir, como foi sugerido em alguns estudos, era que algumas pessoas poderiam se esquivar da sua homossexualidade, deixando de praticá-la. Mas, o desejo sexual por alguém do mesmo sexo continuará até o fim da vida.

No dia 5 de agosto de 2009, o comitê especial da renomada Associação Norte-Americana de Psicologia apresentou finalmente no seu site o relatório que foi amplamente divulgado na mídia. O relatório comunicava que "não há qualquer evidência que apoie a afirmação de alguns profissionais de que a orientação sexual pode ser alterada por terapia. Os profissionais de saúde mental não devem dizer aos pacientes que é possível mudar sua orientação sexual; em vez disso, devem explorar caminhos e possibilidades na vida que permitam acessar a realidade da sua orientação sexual".

Por que não se consegue mudar a orientação sexual de uma pessoa? Porque a orientação do desejo sexual não é um comportamento aprendido. Orientação sexual é um comportamento complexo herdado, é um Padrão Fixo de Ação, que é uma predisposição filogenética que temos para determinados comportamentos. Por exemplo: a emissão dos fonemas e a lateralidade são exemplos, também, de Padrão Fixo de Ação. Para os comportamentos se expressarem é necessário um ambiente que os estimulem.

Estes comportamentos são acionados ou disparados para respondermos a determinadas estimulações ambientais em tempo específico do desenvolvimento do organismo. Por exemplo, um menino gay vai ser guiado para sentir atração sexual pelos caracteres sexuais primários e secundários de um homem: pênis, pilosidade corporal,voz, formas do corpo, etc. Já o menino hétero será guiado para os caracteres da mulher: vulva, vagina, seios, etc. Estes caracteres sexuais funcionam como os estímulos liberadores (estímulo-sinal) que irá reforçar o comportamento homo ou hétero na pessoa durante a sua vida.

Em cada indivíduo na infância a orientação sexual irá aparecer de forma muito particular. Os estímulos-sinal ou liberadores que irão evocar a orientação homossexual vão variar de indivíduo para indivíduo. Para você conhecer mais sobre esta questão, no livro Garoto Rebelde – surgimento da homossexualidade na criança é detalhada todas as questões ligadas a determinação da orientação sexual homossexual.

Penso que você deve procurar um caminho para se aceitar como gay e ser feliz sendo gay. Porque ser homossexual é muito bom e saudável. Ser homossexual torna-se aversivo para a maioria dos gays devido a ação coercitiva homofóbica das agências controladoras de nossa cultura: religião, estado e educação, que querem impor as suas regras para todos tentando eliminar o que de mais precioso nós temos na vida que é a Diversidade. É por causa da Diversidade que a vida existe no nosso planeta.

*João Batista Pedrosa é psicólogo (CRP 06/31768-3) e autor do livro "Segundo Desejo" (Iglu). Envie suas dúvidas e perguntas para pedrosa@syntony.com.br. Acesse também seu site.


Como seria o homem perfeito para você?
Todo mundo tem um tipo de homem perfeito, algumas pessoas têm algo muito bem definido e específico e outras pessoas menos.

Achar o cara perfeito – ou quase perfeito – nem sempre é uma tarefa fácil quando estamos buscando no lugar errado. E isso deve estar acontecendo com você!

O cara perfeito incluí também o que ele deseja. Se apenas uma noite, um lance rápido, um namoro e até um casamento.

Talvez esteja difícil para você encontrar essa pessoa porque ainda não procurou no Disponivel.com. Com mais de 548.284 homens cadastrados tenho certeza absoluta que o “seu número” está lá te esperando. Clique aqui e comece agora mesmo.

15 horas de festa: Club Caju vai agitar São Paulo no próximo domingo; saiba tudo!

Delícia! Bruno Gissoni, o Iran de “Avenida Brasil”, bem a vontade em praia do RJ; veja fotos