in ,

Psicólogo Pedrosa Responde: Me apaixonei por um cara casado e ele sumiu! O que faço?

Sou de São Paulo e tenho 20 anos. Em junho deste ano conheci um cara na internet. O amor da minha vida. Foi meu primeiro homem. Transamos três vezes. Ele é do interior, é casado com uma mulher e tem uma filha. Pelo fato dele ser militar, ele tem medo de ser descoberto. A gente se falava todo dia pela net. Fazia sexo virtual. Telefone ele não dava. Dizia que a mulher é muito ciumenta. Dizia que me amava. Em outubro ele sumiu, não deu mais notícias. Aí comecei a ficar triste e não querer levantar mais da cama. Queria me matar. Minha mãe me levou numa psicóloga e me diagnosticaram com depressão. Hoje faço terapia e tenho acompanhamento psiquiátrico com medicação. Mas ainda estou ruim. Perdi um mês de aula e estou tentando me recuperar. Ainda tenho esperança que ele volte e penso muito nele. Abri o jogo para minha família. Eles estão me apoiando, acho que pelo meu sofrimento. O senhor pode me dar uma palavra de conforto? Rafael (São Paulo – SP)

Caro Rafael. Lamento o ocorrido. Eu vou ser bem direto com você. Esqueça esse cara. Ele não é o cara. É bem provável que não voltará para você. Um gay militar e casado tem pavor em ser descoberto. As organizações militares no Brasil, bem como as religiosas, possuem uma cultura homofóbica, inclusive, de perseguição aos gays. Então, os gays militares e ligados às religiões (padres, seminaristas, entre outros) não estabelecerão uma ligação afetiva duradoura com outro gay. Salvo algumas exceções, as relações serão sempre superficiais, muitas vezes resumindo-se aos encontros fortuitos e muito sexo virtual.

O que você deve fazer para esquecê-lo? Acho que é este tipo de conselho que você quer. Procure fazer atividades, este é o foco. Algumas dicas: procure atividades que são prazerosas para você. Exercícios físicos são muito bons, inclusive pode lhe auxiliar em sair da depressão. Conheça pessoas novas, frequente uma academia, vá a lugares gays e procure se divertir. Saia um pouco da internet. Procure criar uma rotina com essas atividades. E veja bem, você só tem 20 anos de idade, tem muito chão pele frente. Irá conhecer caras maravilhosos. Falar que ele é o amor da sua vida é se fechar para novas possibilidades. Você ainda terá muitos amores. Boa sorte e feliz 2013. Ano novo é vida nova. Um novo amor chegará para você. Vá em frente Rafael.

*João Batista Pedrosa é psicólogo (CRP 06/31768-3) e autor do livro "Segundo Desejo" (Iglu). Envie suas dúvidas e perguntas para pedrosa@syntony.com.br. Acesse também seu site.


Como seria o homem perfeito para você?
Todo mundo tem um tipo de homem perfeito, algumas pessoas têm algo muito bem definido e específico e outras pessoas menos.

Achar o cara perfeito – ou quase perfeito – nem sempre é uma tarefa fácil quando estamos buscando no lugar errado. E isso deve estar acontecendo com você!

O cara perfeito incluí também o que ele deseja. Se apenas uma noite, um lance rápido, um namoro e até um casamento.

Talvez esteja difícil para você encontrar essa pessoa porque ainda não procurou no Disponivel.com. Com mais de 548.284 homens cadastrados tenho certeza absoluta que o “seu número” está lá te esperando. Clique aqui e comece agora mesmo.

UFC ganha sua primeira lutadora lésbica assumida

Ariadna será rainha de bateria no carnaval do Rio e manda recado para as bombadas