in ,

Psicólogo Pedrosa Responde: Só fico com cara problemático, enrolado, será que todo gay é assim?

Pedrosa estou meio traumatizado. Queria que você me explicasse o que acontece com os gays. Só arrumo gente enrolada. Meus últimos ficantes, nem considero-os namorados, foram pessoas bem enroladas com problemas até psiquiátricos.

Um tinha TOC, outro era bipolar e me ameaçou até de morte e, o último, não tinha ereção, tentou suicídio na minha casa. Todos tinham dificuldades em se aceitarem como gay. Estou num estado que não quero me relacionar com mais ninguém. Será que todo gay é assim, enrolado? Juca (São Paulo – SP)

Juca, não podemos generalizar afirmando que todo gay é enrolado. Enrolado significa complicado, confuso, enredado, segundo o Aurélio. Existe uma boa parcela da população gay, realmente, bem enrolada. O homossexual faz parte de uma população vulnerável.

A homofobia é secular, são anos de perseguição aos homossexuais. O auge da perseguição aconteceu na Idade Média, pela Igreja Católica, com a instalação dos Tribunais da Inquisição, onde homossexuais eram julgados e mortos. Nos dias de hoje temos a Inquisição num modelo contemporâneo que é a perseguição dos religiosos fundamentalistas, particularmente os evangélicos, aos gays. Não mandam os gays arderem nas fogueiras, mas quando se opõem de forma incisiva a homossexualidade incitam a violência contra esta população, seja na forma de bullying ou mesmo através da violência física. Não é por acaso que o Brasil lidera a lista de países mais violentos contra os gays e a comunidade LGBT. 

Este ambiente punitivo reforça um repertório comportamental de fuga/esquiva no gay – o que o senso comum chama de enrolado. Ele não pode expressar de forma aberta e tranquila a sua orientação sexual porque tem medo da punição da família, colegas de trabalho, entre outros. A punição homofóbica gera efeitos colaterais terríveis, potencializando transtornos comportamentais e psiquiátricos naqueles que possuem uma suscetibilidade para tais transtornos. É necessário uma lei que puna as manifestações homofóbicas, bem como, um trabalho educativo nas escolas esclarecendo a juventude com temas relacionados a diversidade sexual, para que no futuro tenhamos um Brasil mais tolerante.

Não desanime. Siga em frente. Você poderá encontrar um cara legal que te fará feliz. Acho que aconteceu com você uma triste coincidência de encontrar gays, provavelmente, vítimas da punição homofóbica.

João Batista Pedrosa é psicólogo (CRP 06/31768-3) e autor do livro "Segundo Desejo" (Iglu). Envie suas dúvidas e perguntas para pedrosa@syntony.com.br. Acesse também seu site.


Como seria o homem perfeito para você?
Todo mundo tem um tipo de homem perfeito, algumas pessoas têm algo muito bem definido e específico e outras pessoas menos.

Achar o cara perfeito – ou quase perfeito – nem sempre é uma tarefa fácil quando estamos buscando no lugar errado. E isso deve estar acontecendo com você!

O cara perfeito incluí também o que ele deseja. Se apenas uma noite, um lance rápido, um namoro e até um casamento.

Talvez esteja difícil para você encontrar essa pessoa porque ainda não procurou no Disponivel.com. Com mais de 548.284 homens cadastrados tenho certeza absoluta que o “seu número” está lá te esperando. Clique aqui e comece agora mesmo.

Exibido: Ricky Martin sai só de cueca do seu apartamento em Nova York

Marina Lima lança livro para revelar suas intimidades e prepara documentário