in ,

Retrospectiva: As 10 frases mais polêmicas de 2010

Como no Twitter, diversas sensações, pensamentos e opiniões se resumem em apenas 140 caracteres. Por isso, o ditado agora muda: uma frase vale mais que mil palavras. É por isso que selecionamos as 10 declarações mas polêmicas do ano de 2010; confira.

"Ator que se assumir homossexual é um bobo" – Silvio de Abreu, autor de "Passione", super desencorajando a saída de atores dos armários. Com esse incentivo, dá pra entender por que há tanta gente dizendo por aí que não é gay.

"O filho começa a ficar assim meio gayzinho, leva um coro, ele muda o comportamento dele. Olha, eu vejo muita gente por aí dizendo: ainda bem que eu levei umas palmadas, meu pai me ensinou a ser homem" – Jair Bolsonaro (PP-RJ), deputado federal, criando uma nova "cura" para a homossexualidade: palmadas!

"Não sou homofóbico" – Dourado, vencedor do programa Big Brother Brasil 10. Ameaçar uma lésbica em rede nacional não é só uma conduta homofóbica, como machista. Mais triste que a atitude de Dourado foi sua vitória no reality.

"Sofri abuso sexual" – Claudia Jimenez, em entrevista, revelou que sofreu abuso sexual aos 7 anos. Depois da separação com a personal trainer Stella Torreão, a atriz engatou diversos namoros com rapazes.

"A cidade de São Paulo não é homofóbica" – Secretário de Segurança Urbana, Edson Ortega, depois dos ataques a jovens na avenida Paulista. Não dá pra saber se rimos ou se choramos com essa declaração.

"Estou transformando o luto em luta" – Angélica Ivo, mãe do adolescente Alexandre Ivo, de 14 anos, vítima de homofobia.

"Quando estou sozinho, eu me masturbo muito", ator James Franco, que se masturba até cinco vezes por dia.

"Lógico que tem gays no futebol" – Andres Sanches, presidente do Corinthians, em resposta ao que podemos comparar com a política "Don’t ask , Don’t tell (não pergunte, não conte) das Forças Armadas dos EUA.

"John Travolta é gay" – Atriz Carrie Fisher tirando seu amigo do armário em declaração ao tabloide "The Sun".

"A homofobia precisa virar crime" – Luis Alberto Betonio, jovem agredido com uma luminária, na avenida Paulista, após ter sido chamado de "veado" e "bicha" por agressores.


Como seria o homem perfeito para você?
Todo mundo tem um tipo de homem perfeito, algumas pessoas têm algo muito bem definido e específico e outras pessoas menos.

Achar o cara perfeito – ou quase perfeito – nem sempre é uma tarefa fácil quando estamos buscando no lugar errado. E isso deve estar acontecendo com você!

O cara perfeito incluí também o que ele deseja. Se apenas uma noite, um lance rápido, um namoro e até um casamento.

Talvez esteja difícil para você encontrar essa pessoa porque ainda não procurou no Disponivel.com. Com mais de 548.284 homens cadastrados tenho certeza absoluta que o “seu número” está lá te esperando. Clique aqui e comece agora mesmo.

Disponivel.com e A Capa selecionam as melhores músicas de 2010

Retrospectiva: Atentados homofóbicos chocaram o Brasil e pautaram a grande imprensa